Gphone é Android, o sistema operativo para smartphones

GPhoneO Google desvendou finalmente o tão falado GPhone. Para surpresa de muitos, incluindo eu, é um sistema operativo para smartphones e outros dispositivos móveis chamado Android. Confesso que não estava à espera de um telemóvel, mas também não esperava um sistema operativo; sempre pensei que seria apenas uma plataforma de publicidade.

Mas o Android, embora também sendo uma plataforma de publicidade, é mas que isso, é um sistema operativo livre. O Google e as 34 empresas e operadoras que estão a trabalhar neste projecto (Samsung, Motorola, Telefónica, Intel, Nvida, etc) , vão disponibilizar o Android sob a licença Apache. Mas isso será apenas aquando do seu lançamento oficial, lá para meados do próximo ano. Por enquanto, fica fechado a sete chaves e com guardas à porta.

O retorno do investimento feito pelo Google não será na venda do sistema, porque ele é livre como em liberdade e cerveja à borla (hum... free beer... *drool*). Esse retorno virá da publicidade, que afirmará ainda mais o Google como a plataforma de eleição neste campo.

Ao ser disponibilizado sob uma licença open source, as empresas e/ou programadores poderão alterar o código a seu belo prazer, implementar novas funcionalidades e até usá-lo noutros gadgets. Está criada uma plataforma que permitirá inovação mais rápida e economicamente nos dispositivos móveis.

Apesar de achar o projecto positivo, há uma pequena coisa que gostaria de ver respondida. Se o Google vai recuperar o investimento realizado com as receitas da publicidade feita nos dispositivos móveis que usarão o Android, como será gerida a privacidade dos utilizadores? Teremos motivos para preocupação?

{via Webtuga}
publicado por brunomiguel às 04:09 | link do post | comentar