Baunilha de merda e bomba gay

A cientista japonesa Mayu Yamamoto descobriu um método de extracção de vanillin da merda de vaca - fezes, se forem sensíveis. O vanillin é um dos compostos usados para dar o sabor e/ou cheiro de baunilha a vários produtos, como os iogurtes.

Esta descoberta valeu-lhe o primeiro prémio no Ig Nobel Prize, na categoria Biologia, e a homenagem ao seu trabalho pela empresa de Massachusetts, Toscanini’s Ice Cream, que criou um novo sabor de gelado chamado Yum-A-Moto Vanilla Twist. Infelizmente, não sei se o gelado é feito com bosta de vaca ou não.

O Prémio IgNobel é uma sátira do prémio Nobel e é dado a cada outono para a descoberta científica mais estranha do ano. Os prémios são entregues para honrar estudos e experiências que primeiro fazem as pessoas rir, e depois pensar. Foram criados pela revista de humor científico Annals of Improbable Research (Anais da Pesquisa Improvável), e os prémio são entregues em Harvard.


Também no Ig Nobel Chemistry Prize, foram premiados outros avanços científicos incríveis, como a bomba gay, que faz com que os soldados inimigos se apaixonem uns pelos outros, ou o relatório sobre os efeitos colaterais de engolir espadas.

Descobertas fantásticas que vêm responder à questão que tem vindo a atormentar a humanidade durante séculos: "Porque raio é que damos a importância a estas coisas?"

{Fontes: Pink Tentacle && Estadão && Wikipédia}
publicado por brunomiguel às 23:03 | link do post | comentar