Começou o primeiro processo por violação da GPL

A Free Software Foundation, através do Software Freedom Law Center, iniciou, no dia 20 de Setembro, o primeiro processo por violação da licença GNU General Public License (GPL). A empresa acusada de violação é a americana Monsoon Multimedia.
O Software Freedom Law Center apresentou uma queixa em tribunal, em nome dos criadores do programa, depois destes terem tentado, sem sucesso, entrar em contacto com a Monsoon, para que a empresa respeitasse a licença a que o software está sujeito. Alegadamente, a empresa não disponibiliza o código-fonte do programa e respectivas alterações, norma obrigatória da GPL2, e os seus autores querem ver isso respeitado.
Como é o primeiro caso, a decisão do juiz é de extrema importância, pois ela irá ditar parte do futuro da GPL e do software livre em geral. Espero que tudo se decida pelo melhor e que os criadores do programa vejam o seu trabalho respeitado.

{Fonte: Linux Watch}
publicado por brunomiguel às 21:37 | link do post | comentar