Adeus Sid. Olá Lenny

Deixei o Debian Sid/Unstable! Este “divórcio” já se vinha a querer realizar há algum tempo, por culpa dos vários problemas com as dependências e da falta de som nos clientes de email Evolution e Icedove (aka Thunderbird). Dei voltas e voltas, mas nunca consegui ter som nos clientes de email e só à uns dias é que consegui por o som no GDM. Mas a gota de água foi quando fiquei, mais uma vez, sem interface gráfico. Fartei-me de andar sempre a compilar os drivers da Nvidia ou editar o xorg.conf, por isso decidi mudar, mas queria continuar com o Debian ou uma distribuição baseada em Debian. Como há muitas distribuições que usam o Debian como base, a escolha poderia revelar-se difícil; felizmente não foi.
Eu não sou programador, nem nada parecido, por isso o Debian Unstable não é para mim. Confesso que fui um pouco teimoso em aguentar quase um mês o Unstable, quando o que queria era uma distribuição para o desktop e que, ao mesmo tempo, me obrigasse a aprofundar mais os meus conhecimentos. O Debian Sid não é essa distribuição, mas o Debian Lenny - ou Debian Testing, se preferirem - é outra história. O Lenny é tipo Ubuntu: os updates não estão sempre a aparecer, o software é estável e existe em abundância, usa um gestor de desktop muito amigável, serve muito bem para o desktop, não dá muitas chatices e, acima de tudo, os clientes de email dão som. Foi por estas razões que decidi ficar pelo Debian, mas desta vez o Debian Lenny.
O objectivo do Lenny é ser uma mostra da próxima versão estável do Debian, ao mesmo tempo que serve para testar pacotes que poderão vir a entrar na actual versão Stable: Debian Etch.
Um dos grandes pontos fortes do Debian é a primazia que se dá ao software livre. Para quem, como eu, defende o software livre, este é um motivo de orgulho.
Esta distribuição (Debian Lenny) é óptima para todos aqueles que querem software recente, estabilidade, segurança, actualizações de segurança que não demoram muito tempo a chegar e aprofundar um pouco mais os vossos conhecimentos de GNU/Linux, ao mesmo tempo que usam um sistema amigável. Não se acanhem, façam já o download!
tags:
publicado por brunomiguel às 18:38 | link do post | comentar