Actualizações à força

Os utilizadores do Windows XP e Windows Vista devem ter estranhado o facto de, o mês passado, alguns updates terem sido instalados através do serviço Windows Update sem o conhecimento dos utilizadores. Os utilizadores com as actualizações automáticas desligadas devem ter estranhado ainda mais, já que também eles receberam esses updates.
A Microsoft decidiu que, desta vez, o sistema de actualizações seria actualizado sem notificar os seus utilizadores. Isto não é nada que surpreenda muito as pessoas porque, sejamos sinceros, a falta de respeito desta empresa para com os seus utilizadores tem sido crescente.
É bom a Microsoft também actualizar estes componentes, mas as actualizações à força não são positivas. O que eles deviam ter era um sistema que alerta-se os utilizadores de um novo update para o programa que as gere, e que também o avisa-se dos possíveis perigos que advêm da não actualização do programa. Estes updates só seriam instalados se o utilizador o consenti-se e este poderia escolher se queria ser novamente notificado ou não sobre isto. Esta é só uma pequena sugestão, que foi pensada com a privacidade e liberdade dos utilizadores em mente.
Eu, com mais esta situação desagradável, espero que os utilizadores comecem a abrir os olhos e a adoptar sistemas a sério, vulgo sistemas livres. Ter actualizações forçadas, falta de respeito pela privacidade, máquinas repletas de maleitas digitais, perda de performance ao fim de dois meses de utilização e anti-tudo-e-mais-algumas-coisas instalados não é normal num sistema operativo; é, sim, normal em espécies de sistemas operativos.

{Fontes: Download Squad && Windows Secrets}
tags:
publicado por brunomiguel às 16:32 | link do post | comentar