Free Software Foundation promove o software livre junto dos grupos ambientalistas e sociais

natureza_outono
A Free Software Foundation (FSF), num comunicado emitido no site oficial da organização, anunciou uma nova campanha, que visa a promoção do uso de software livre por parte das organizações não governamentais (ONGs) e activistas individuais.
Juntamente com a campanha, foi criada uma petição que visa reunir assinaturas dos grupos ambientalistas, grupos sociais e pessoas individuais. As organizações "The Green Party", "New Internationalist", "Friends of the Earth International" e "People and Planet" já assinaram a petição e mostraram o seu apoio oficial à campanha e ao software livre.
Para além de promover o uso de software livre, esta campanha pretende que os utilizadores - e em especial as ONGs - rejeitem o Windows Vista. As razões apresentadas pela FSF para que o software livre seja preterido sobre o software proprietário são: as restrições presentes no software proprietário e as preocupações ambientais inerentes à compra de um novo computador e consequente abandono do antigo.
Até ao momento, a petição conta com 310 assinaturas (uma delas é minha). Os interessados em apoiar esta campanha devem dirigir-se ao site freesoftwarefreesociety.org e assinar a petição.