Terça-feira, 16.03.10

Pinta

Há coisas que são «do diabo». Ainda ontem andava à procura de uma alternativa mais leve ao GIMP e hoje li um post do ostatic.com acerca de um editor de imagem com ferramentas básicas para edição de imagem e a leveza que procuro.

A aplicação chama-se Pinta e é, de acordo com os seus criadores, uma alternativa mais simples para o GIMP. Se estão habituados ao Paint.Net, vão sentir-se confortáveis com esta aplicação pois o interface do Pinta é baseado neste programa.

Algumas das ferramentas disponíveis no Pinta são o Zoom, Pain Bucket, Color Replacer, Layers, Paint Brush, Hue/Saturation e Brightness/Contrast. É o suficiente para edições de imagem mais simples. Para as mais complexas, temos sempre o GIMP.

Se pretenderem conhecer melhor o Pinta e/ou fazer o download da aplicação, visitem o site oficial do projecto.

publicado por brunomiguel às 23:17 | link do post | comentar | ver comentários (7)
Sexta-feira, 31.10.08

Phatch, o canivete suíço da automatização da edição e manipulação de imagens

O Phatch é o meu novo "melhor amigo" na edição e manipulação rápida de imagens. Vai-me dar um jeitão do caraças aqui para o blog e para automatizar a edição e manipulação das fotos que tenho no disco.

Para ficarem a conhecer um pouco Phatch, leiam este post que publiquei no Programas Livres.

publicado por brunomiguel às 18:23 | link do post | comentar
Segunda-feira, 27.10.08

Patentes de software: a segunda idade das trevas

«A cultura, sob todas as formas de arte, de amor e de pensamento, através dos séculos, capacitou o homem a ser menos escravizado» - André Malraux

«Os nossos conhecimentos são a reunião do raciocínio e experiência de numerosas mentes» - Ralph Emerson

«No Egipto, as bibliotecas eram chamadas Tesouro dos remédios da alma. De facto é nelas que se cura a ignorância, a mais perigosa das enfermidades e a origem de todas as outras» - Jacques Bossuet

E, no entanto, querem permitir as patentes de software na Europa.

publicado por brunomiguel às 21:40 | link do post | comentar | ver comentários (3)
Segunda-feira, 29.09.08

As minhas ferramentas para o dia-a-dia

O conhecido blog Lifehacker pergundou aos seus leitores quais as melhores ferramentas para uma série de tarefas, desde backups a organização de imagens. Seis meses após ter iniciado o inquérito, os vencedores das 26 categorias foram apresentados.

O Augusto Campos, no Efectividade.net, apresentou as suas escolhas para cada uma das categorias e, no final do texto, desafia os leitores a apresentar as suas opções. Eu respondo ao desafio e deixo aqui as ferramentas que uso para cada uma destas categorias.

  1. Organizador de fotos digitais: Gwenview e Nautilus
  2. Cliente de mensagens instantâneas: Pidgin
  3. Ferramenta GTD: Kontact
  4. Backup de DVD: Não uso
  5. Gestor de contactos: KAddressBook
  6. Editor de textos: Gedit
  7. Sistema de partilha de ficheiros on-line: Não uso
  8. Leitor RSS: Liferea
  9. Iniciador de aplicações: Utilitário de execução de aplicações do Gnome [Alt+F2]
  10. Página inicial: about:blank
  11. Antivírus: Não uso
  12. Site de partilha de fotos: 23hq.com e fotos.sapo.pt
  13. Gestor de finanças pessoais: Não uso
  14. Media player: VLC e Totem em igual medida
  15. Manutenção do Windows: Remoção do Windows e instalação de uma distro do GNU/Linux
  16. Ferramenta de backup: Tar
  17. Ferramenta de sincronização de arquivos: Não uso
  18. Gestor de arquivos: Nautilus
  19. Ferramenta de anotações: KJots
  20. Gestor de lista de pendências: KOrganizer
  21. Ferramenta de busca no desktop: find
  22. Melhor cliente FTP: gFTP
  23. Melhor gestor de senhas: Memória e Revelations Password Manager quando a memória falha
  24. Melhor gestor de downloads: Wget
  25. Melhor agenda: KOrganizer
  26. Melhor cliente BitTorrent: Deluge

Se assim o entenderem, apresentem as vossas escolhas nos comentários ou no vosso blog. Seria um exercício interessante a partilha de ferramentas para executar determinadas tarefas.

publicado por brunomiguel às 15:00 | link do post | comentar | ver comentários (8)
Terça-feira, 26.08.08

Gwibber: o canivete suíço dos clientes de microblogging

Como já praticamente não uso o Pidgin porque não tenho paciência para ser chateado quando estou ligado a redes de mensagens instantâneas, o Gwibber foi a escolha natural para enviar "microposts" para os serviços de microblogging onde tenho conta: Identi.ca, Twitter e Jaiku (este último está a mudar de datacenter, por isso não o tenho podido actualizar). E digo-vos, estou muito satisfeito com o programa.

As funcionalidades do Gwibber são várias - e as "falhas" também, como a impossibilidade de enviar mensagens directas nos serviços de microblogging que suportam a funcionalidade. Para saberem quais são e como podem instalar este programa na vossa distribuição do GNU/Linux, leiam o meu último post no Webtuga.

publicado por brunomiguel às 23:24 | link do post | comentar

do not feed the trolls

Outros blogs meus

pesquisar neste blog

 

subscrever

RSS

Newsletter

posts recentes

arquivos

links