Tabaco radioactivo

Um artigo do jornal britânico The Independent revela que um grupo de especialistas examinou mais de 1500 documentos das tabaqueiras relativos testes feitos à substância radioactiva Polónio 210 ao longo de 40 anos e concluiu que estas empresas nunca informaram o público e as autoridades competentes acerca dos perigos do Polónio 120. Esta substância está presente na planta do tabaco e é responsável por cerca de 1% do total de mortes relacionadas com cancro dos pulmões nos Estados Unidos da América.

Uma das especialistas da investigação, Monique Muggli, afirma que a Philip Morris terá, deliberadamente, escolhido não publicar os resultados das suas pesquisas com medo de eventuais acções judiciais. Em resposta, a British American Tobacco afirma que o Polónio 210 está presente em diversas plantas, «incluindo morangos».

Acredito perfeitamente que o Polónio 210 esteja em presente em diversas plantas, mas quando comemos morangos, eles são digeridos no estômago pelo suco gástrico. Quando fumamos um cigarro, parte do fumo fica nos pulmões.