Domingo, 30.05.10

A Antena 3 e a complicação no acesso aos podcasts

Descarregar um podcast do site da Antena 3 pode ser uma tarefa muito complicada se não utilizarem o Windows Media Player. Já não bastava disponibilizarem os programas em WMA, os ficheiros de áudio são disponibilizados através do protocolo MMS e não por HTTP, como, digo eu, seria mais lógico.

Quem quer descarregar alguns podcasts para ouvir mais tarde e não usa Windows vê-se a braços com uma situação pouco prática. Descarregá-los normalmente é para esquecer; resta, por isso, inventar. No meu caso, tive que instalar uma aplicação chamada Mimms para poder gravar os podcasts para o meu computador. O Mplayer também poderia ser uma solução, mas o Mimms demora menos tempo a descarregar e instalar e a ver se funciona.

Se a intenção desta absurdidade é impedir downloads, bem que podem esquecer. Para além do simples stream ser, de facto, um download, já deu para reparar que há formas relativamente simples de guardar os ficheiros através do protocolo MMS.

Depois de descarregar os ficheiros, terei que tentar a sua conversão para Ogg Vorbis. É mais trabalho desnecessário, porque a Antena 3 bem podia disponibilizar os podcasts em MP3, pelo menos. E uma feed para cada podcast também não seria mal pensado.

publicado por brunomiguel às 14:19 | link do post | comentar | ver comentários (5)
Sábado, 17.04.10

Pedofilia na igreja: todos os dias, um bode expiatório diferente

cartoon
por Nate Beeler, publicado no Washington Examiner

Alguma coisa está a falhar na comunicação interna da igreja católica. Quase todos os dias há uma figura de destaque desta religião a apresentar um bode expiatório diferente na comunicação social. E o pior é que os media lhes dão tempo de antena, contribuindo para a fuga ao verdadeiro problema: a igreja sempre ter tido uma posição de ocultação em relação aos casos de pedofilia praticados por padres.

As fases

Há uns dias atrás, o representante oficial do Vaticano, o cardeal Tarcisio Bertone, associou estes casos dentro desta igreja à homossexualidade e até disse que isso era comprovado por vários psicólogos e psiquiatras.

Antes, o bispo das Forças Armadas, Januário Torgal Ferreira, disse em entrevista ao DN que estes casos de pedofilia eram praticados, na sua maioria, por heterossexuais e que houve intencionalidade em ligá-los à homossexualidade. «Relativamente ao celibato, está provado que a maioria destes ataques a menores vêm de heterossexuais [...] e lamentavelmente houve muita gente na Europa e além Europa que quis ligar isto a surtos de homossexualidade.»

Agora, vem um bispo mexicano dizer que, não, a culpa não é da homossexualidade, é da libertinagem sexual e da pornografia. Afinal, ser gay já não é sinónimo de "apetite" por criancinhas; o que dá origem a esse impulso é a abertura de mente em relação à sexualidade e o ver uns filmes porno.

Aposto que, mais dia menos dia, vamos ter algum "esposo do Senhor" a dizer que a culpa é da internet.

Divulgação faseada ou falha de comunicação interna?

Alguma coisa aqui não está bem. Ou a igreja católica está a fazer o mesmo que fez com os "milagres" de Fátima - revelar a informação aos poucos - ou há claras falhas de comunicação interna.

Se for divulgação faseada das causas, digam-nos que o estão a fazer aos poucos. Acho que nós iremos compreender. A idade das trevas já lá vai e hoje as pessoas já têm mais inteligência para perceber isso. Custa saber isto, Vaticano, eu sei, mas até foi bom o povo ter adquirido algum conhecimento, não foi? Os aviões dão cá um jeitão...

Mas, se for falha de comunicação interna, há que tomar medidas. Munir os seus membros com um iPadre seria boa ideia. Aposto que andar de papiro na mão não contribui muito para a comunicação em tempo real. E, já que estamos nisto, uma caixa de correio para cada um deles e uma mailing-list onde se fazer o anúncio das desculpas estúpidas que se vão dar, só para tentar limpar a imagem.

Esconder o cerne da questão

Bode expiatórios à parte, há algo importante e que, aos poucos, está a ser esquecido: porque andou a igreja a tentar ocultar, durante tantos anos, estes casos? Porque andou o Vaticano a proteger os pedófilos de batina? Estas sim são questões importantes, e não o que levou os coitadinhos dos padres, inocentes vítimas, a sodomizar as crianças.

publicado por brunomiguel às 00:49 | link do post | comentar
Quarta-feira, 14.04.10

O calcanhar de Aquiles do Sapo Blogs

Para mim, o calcanhar de Aquiles do Sapo Blogs é os temas que tem disponíveis. É raro aquele que se aproveita, e à medida que o tempo vai passando esta situação mantém-se inalterada.  De vez em quando disponibilizam temas novos, mas vai-se a ver e padecem do mesmo problema dos seus antecessores.

Compreendo que tentem ter temas mais generalistas, se é que se podem chamar assim, para agradarem ao maior número possível de pessoas. Mas também não custava nada ter alguns temas com melhor aspecto.

Ao menos sempre podemos editar os temas e criar os nossos. Só que isso não é nada fácil. Editar o CSS do tema pode ser acessível para muitas pessoas, mas mexer no código (S2) dele já é bastante complicado. Ainda por cima, a "ajuda" para esta linguagem também é ela própria difícil de compreender e assimilar.

Talvez o Sapo Blogs devesse importar uns quantos temas do Tumblr ou  abrir um concurso aberto a todos para premiar os melhores temas e incorporar uns quantos (decentes) no serviço.

Estas são apenas as duas soluções que me vieram imediatamente à cabeça quando pensei em formas de contornar o prolema. Se os responsáveis do serviço se debruçarem um pouco sobre isto, aposto que conseguem mais algumas.

De resto, muito bom serviço de blogging.

publicado por brunomiguel às 18:05 | link do post | comentar | ver comentários (2)
Terça-feira, 13.04.10

Um erro da TSF em relação à web

O que me leva a escrever este pequeno texto é algo próximo do sentimento de revolta, misturado com incompreensão e um dia passado na aldeia, depois de ter saído de Lisboa por motivos pessoais. É como tentar fazer um shake com nitroglicerina, numa divisão encharcada com benzina e pequenos objectos decorativos feitos com C-4. Tivesse eu ventosas nas mãos e tinha subido literalmente às paredes.

Bem, voltando ao que me leva a escrever este post: a TSF. Não sei porquê, mas decidiram retirar a link do stream que tinham no site. Ora, este stream é-me bastante útil para ouvir o relato dos jogos que me interessam e que só passam na SportTV. Sem ele, não ouço os relatos - que também são mesmo muito poucos, admito; só um ou outro jogo do Benfica e nada mais.

Quando se trata de um jogo do SLB, compreendo que o número de acessos pode levar o servidor a ter um "fanico" (quer queiram quer não, é o clube com mais adeptos em Portugal). Mas isso contorna-se; basta falarem com o departamento informático deles para terem de imediato uma ou duas soluções relativamente simples de implementar. Ainda assim, não é desculpa para retirarem a link para o stream (ou para a esconderem numa zona muito obscura do site).

A TSF é uma rádio, tem um site onde coloca as notícias que são lidas nos programas informativos e retira o link para o stream? Nem sempre estou no carro e a maioria das pessoas também não. Se estão no trabalho, podem sempre ouvir a TSF online. Se a link do stream não está lá, esses ouvintes vão ouvir outras rádios que não são burras ao ponto de esconderem essa forma de chegar a elas.

Para quem precisa, aqui fica a link para o stream da TSF: http://tsfdirecto.tsf.pt/tsfdirecto.aac. Se o meu irmão não a tivesse guardada nos favoritos...

publicado por brunomiguel às 22:11 | link do post | comentar | ver comentários (7)
Terça-feira, 06.04.10

O jornalismo português sobre tecnologia é castanho e flutua na sanita

O jornalismo "tecnológico" português é uma merda, e o generalista não é melhor. Vão sempre atrás dos hypes, que são quase todos uma grande banhada. E a informação consegue ser sempre incompleta e cheia de fanatismos pessoais.

Descobriram o Twitter, não escreviam sobre outra merda; depois, o Facebook; agora o iPad. Entretanto, Macbooks e OS X. E falam disso tudo como se fosse a nova grande maravilha mundial, sem sequer terem uma réstia de espírito crítico. Deve ser a alma saloia do país.

Não admira que tanta gente em portugal seja burlada. Se estes, de quem se espera mais espírito crítico, engolem qualquer porcaria que lhes
enfiam pela goela abaixo, não se pode esperar nada de bom dos não-jornalistas.

Vai na volta, sou eu é que ando a ler os jornais que não devia, a ver os noticiários que não devia, a ler os sites que não devia.

publicado por brunomiguel às 17:04 | link do post | comentar | ver comentários (7)

do not feed the trolls

Outros blogs meus

pesquisar neste blog

 

subscrever

RSS

Newsletter

posts recentes

arquivos

links