Sábado, 31.01.09

Os sinais do fim dos tempos

google drama

O fim do mundo está próximo. O primeiro sinal já apareceu: o Google esteve a mostrar a mensagem «Este Web site pode danificar o computador» em todos os resultados de pesquisas, durante uma pequena parte da tarde. Até quando o termo de pesquisa era «google» a mensagem aparecia.

O segundo sinal virá quando o Gmail marcar todos os mails como spam. Um olá será spam, uma tentativa de vender viagra será spam, umas simples fotos das férias serão spam. Será o caos da correspondência electrónica.

O terceiro sinal será o desaparecimento das feeds do Google Reader. Acabar-se-ão as leituras via feed do melhor blog do mundo (este), do blog da Qi, Programas Livres, Webtuga, Software Livre no Sapo, Ars Technica, Linux Today, blogs dedicamos à partilha de filmes pornográficos, etc. Nesta altura, o caos será tão grande que dificilmente conseguirá ser anulado.

O quarto sinal aparecerá sob a forma da impossibilidade de enviar mensagens para o Twitter. «Fui enviar um fax», «a culpa é do governo» e outros belos twitts não mais verão a luz do dia. Nesse dia, será impossível reverter toda esta situação; o fim dos dias será inevitável.

O quinto e último sinal será quando não for possível aceder à Wikipédia. Os utilizadores ficarão impossibilitados de copiarem e tomarem como sua a informação contida nesta wiki, seja para posts de blogs ou para artigos jornalísticos. Nem mesmo como referência de confiança e totalmente infalível a Wikipédia poderá ser usada.

Suicídios em massa, contacto com pessoas de carne e osso, exercício, refeições a tempo e horas, sono regulado e retorno de uma vida social serão apenas alguns dos efeitos que fim dos tempos trará. Preparem-se agora, para não serem apanhados desprevenidos neste cenário aterrador e cada vez mais real e próximo.

Texto fictício inspirado no drama vivido por algumas pessoas quando viram que o Google começou a marcar todos os resultados de pesquisa como potencialmente perigosos. Talvez, no meio disto tudo, se tenham esquecido que existem outros motores de busca e vida para além do Google - e da internet, em geral.

publicado por brunomiguel às 15:49 | link do post | comentar | ver comentários (4)
Segunda-feira, 29.09.08

O que significa entretenimento para o Google

google entretenimento
Imagem sob uma licença Creative Commons 2.5 by-sa. Clica nela para a veres em dimensões mais generosas.

Se entretenimento, de acordo com a definição da Wikipédia, é «o conjunto de actividades que os animais (e com mais criatividade, o homem) praticam sem outra utilidade senão o prazer», então o pessoal do Google News diverte-se com umas coisas muito estranhas...

publicado por brunomiguel às 01:58 | link do post | comentar | ver comentários (2)
Terça-feira, 02.09.08

Também escrevo sobre o browser do Google

Eu sei que já fiz uma menção ao Google Chrome no Programas Livres e no Webtuga, mas não resisto a fazê-la aqui também, numa versão curta (espero). O projecto parece ser demasiado interessante para deixar de o mencionar, e não é por ser do Google.

O Google Chrome é um browser livre (as in freedom) que o Google vai disponibilizar já hoje, dia 2 de Setembro de 2008. Este browser terá:

  • uma máquina virtual de Javascript, também ela livre, que teoricamente torna a interpretação do Javascript mais rápida;
  • o Webkit para fazer render às páginas web;
  • os separadores localizados em cima da barra de endereço, ao contrário do que acontece com a maioria dos browsers actuais;
  • uma página inicial semelhante ao Speed Dial do Opera (basicamente, atalhos para sites com pré-visualização em miniatura dos mesmos).
  • um modo de privacidade que não guardará quaisquer dados da navegação no disco (como o famoso pr0n mode prometido para o Internet Explorer 8).


Este projecto está a despertar-me bastante o interesse. Pela descrição, parece ser muito porreiro. Falta saber é se o Google vai entregar o que está a prometer ou se vai fazer como a Microsoft: promete uma coisa e entrega outra, como o suporte out of the box para os padrões web no Internet Explorer 8, que foi por água abaixo na segunda beta deste browser.

Para além de todas as funcionalidades acima mencionadas, estou a contar com uma forte integração dos serviços do Google no browser - e a desejar que isso não aconteça. Será de admirar se não o fizerem, já que são os mentores e criadores da aplicação.

Se quiserem saber mais sobre o Google Chrome, vejam esta banda desenhada criada por Scott McCloud para o Google.

Ok, isto acabou por não ser a versão curta da coisa. Mas o importante é que é interessante, e nesse caso o tamanho não conta. Melhor dizendo: o tamanho não conta, apenas o interesse - do texto, claro está.

publicado por brunomiguel às 00:01 | link do post | comentar | ver comentários (3)
Quinta-feira, 07.08.08

Os nossos dados e as contas canceladas

Quanto tempo poderá um site ficar com os nossos dados depois de cancelarmos a nossa conta? O Yahoo chega aos três anos em alguns serviços e o Google... Bem, vejam o mais recente post do Binary Freedom para terem uma ideia.

publicado por brunomiguel às 13:42 | link do post | comentar | ver comentários (2)
Quinta-feira, 06.09.07

Novas do Google Reader

Hoje, como sempre, abri o Google Reader e, para minha surpresa, reparei que tinha quatro novas funcionalidades. A primeira é a adição de uma caixa de pesquisa permite pesquisar numa ou mais feeds, numa ou mais tags ou em todas as feeds e tags. Dá sempre jeito!
A segunda novidade é o aumento do número de itens não lidos de 100 para 1000. Isto torna a vida mais fácil a quem tem muitas feeds subscritas ou um número razoável delas (como eu, que tenho 150 até agora).
A terceira é a possibilidade de esconder o painel de navegação, para dar-mos mais espaço ao texto das feeds. Muito útil quando temos vários itens não lidos e queremos por as leituras em dia.
Last, but not the least, já é possivel usar os botões "avançar" e "retroceder" do browser para navegar entre o nosso histórico de leituras da sessão, como se de um website normal se tratasse.
Estas novidades vêm dar um jeitão enorme, mas já deviam ter sido implementadas à muito tempo. Mas, mais vale tarde que nunca.
publicado por brunomiguel às 16:56 | link do post | comentar

do not feed the trolls

Outros blogs meus

pesquisar neste blog

 

subscrever

RSS

Newsletter

posts recentes

arquivos

links