Domingo, 31.08.08

Novo tema (sim, outro)

led trails
led trails, por CowGummy, sob uma licença Creative Commons.

Ainda ontem - e hoje - me queixava de uns problemas que estava a ter com o novo tema que tinha aplicado a este blog, e hoje já tenho outro tema. E este é bem catita, tipo Elisha Cuthbert, mas em formato blog.

A minha inspiração e base para este tema foi o Pastel, disponibilizado no blog templates.sapo.pt. Achei alguma piada a esse tema; as cores não me agradavam, mas achei que tinha ali algo para poder desenvolver um tema que realmente me agradasse e, ao mesmo tempo, fosse agradável para os visitantes.

Uns tweaks aqui, umas marteladas ali, uns insultos de tempos a tempos, e o tema está quase acabado - e com a sintaxe CSS e XHTML válida. Quase, porque ainda deve levar uns pequenos ajustes durante os próximos dias. Isto prende-se com o facto de o ter testado num ambiente muito limitado: um blog criado para testes, onde não são usadas listas, imagens, etc. Agora é em "ambiente de produção" (sempre quis escrever isto aqui) que o vou acabar.

A folha de estilo deverá estar disponível dentro de muito pouco tempo: minutos, horas ou dias, dependendo da disposição, mas nunca mais que o final da próxima semana.

publicado por brunomiguel às 23:03 | link do post | comentar | ver comentários (5)

Novo tema e algumas dores de cabeça

Eu não sei como é que consegui aguentar tanto tempo o mesmo layout no blog, mas o certo é que consegui. Mas isto não ia durar para sempre, ainda para mais quando eu tenho a mania de estar sempre a mudar tudo, por isso voltei a alterá-lo.

Na busca de inspiração, visitei o blog templates.sapo.pt e descobri um tema muito porreiro e simples chamado esquadro. Curti-o milhões, por isso decidi aplicá-lo aqui e fiz-lhe algumas pequenas alterações para ele ficar mais ao meu gosto.

Tu estava bem, pensava eu: o CSS valida, o XHTML também. Até que, sem que houvesse razão para isso, abri o Midori, um pequeno browser que usa o Webkit para fazer render às páginas. Quando entrei no meu blog, reparei que a parte que as tags de um post e a zona onde aparece o nome do autor e as links para comentar estavam com um distanciamento enorme, um distanciamento que não me aparecia nos browsers que usam o Gecko. Ainda pensei que fosse stress deste browser, por isso entrei no browsershots.com e testei o layout com todos os browsers que usam o Webkit. O resultado foi o mesmo.

Não sendo eu um hacker de CSS, andei uns tempos às voltas até que descobri que a culpa era de uma classe chamado clear que é usado nas tags br que estão entre os divs. Em browsers Gecko, consigo ter essa info dos posts próxima uma da outra sem ter que usar o display:none no .clear. Mas se usar o display:none no .clear, o #container, o div principal do tema, herda a altura do #header.

Até agora, a única solução que encontro para isto é a remoção da class das tags br que estão entre os divs em causa. Só que isso envolve a criação de layers com o sistema de blogging do Sapo Blogs, e o S2, a linguagem usada para criar layers, para mim está ao nível do mandarim. Para piorar, não consigo definir vários layers para um tema.

Agradeço sugestões para esta minha situação. E também sugestões para o layout do tema. Terei todo o prazer em recebê-las nos comentários.

publicado por brunomiguel às 13:48 | link do post | comentar | ver comentários (12)
Sábado, 30.08.08

Tabaco radioactivo

Um artigo do jornal britânico The Independent revela que um grupo de especialistas examinou mais de 1500 documentos das tabaqueiras relativos testes feitos à substância radioactiva Polónio 210 ao longo de 40 anos e concluiu que estas empresas nunca informaram o público e as autoridades competentes acerca dos perigos do Polónio 120. Esta substância está presente na planta do tabaco e é responsável por cerca de 1% do total de mortes relacionadas com cancro dos pulmões nos Estados Unidos da América.

Uma das especialistas da investigação, Monique Muggli, afirma que a Philip Morris terá, deliberadamente, escolhido não publicar os resultados das suas pesquisas com medo de eventuais acções judiciais. Em resposta, a British American Tobacco afirma que o Polónio 210 está presente em diversas plantas, «incluindo morangos».

Acredito perfeitamente que o Polónio 210 esteja em presente em diversas plantas, mas quando comemos morangos, eles são digeridos no estômago pelo suco gástrico. Quando fumamos um cigarro, parte do fumo fica nos pulmões.

O serviço de email da Clix

O Sapo fez uma renovação do seu serviço de email e tornou-o ainda mais interessante. Mas o meu ISP, a Clix, também tem um serviço de email que merece uma vista de olhos.

Algumas características do serviço de email da Clix são:

  • 25GB para as caixas de correio dos clientes;
  • interface bastante agradável, semelhante a um cliente de email para o desktop;
  • calendário, que peca por não permitir alertas;
  • filtros de spam;


O serviço de email da Clix é interessante, principalmente pelo espaço em disco que oferecem aos clientes, mas ainda fica a dever ao serviço de email do Sapo em muitos aspectos. Um exemplo é o interface, que apesar de agradável por se assemelhar a um cliente de email para o desktop, peca pelo seu aspecto gráfico um pouco tosco.

É pena que a Clix e os outros ISPs não se mexam, porque a concorrência era muito benéfica. Talvez a esta hora já disponibilizassem acesso por IMAP se houvesse concorrência a sério. Quem sabe até se não fariam o serviço de email do Google passar vergonha.

tags: , ,
publicado por brunomiguel às 03:11 | link do post | comentar
Sexta-feira, 29.08.08

Banksy @ Nova Orleães, três anos após o Katrina

banksy nova orleães arte

O Banksy foi a Nova Orleães pintar uns graffes. (bebendo leitinho, comendo espinafres; o Banksky foi a Nova Orleães?!) Esta visita acontece três anos após a catástrofe natural, o furacão Katrina, que atingiu esta cidade norte-americana.

Como sempre, Bansky foi crítico e interventivo politicamente através dessa mesma crítica. Bem, é o Banksy de sempre, agora nos Estados Unidos da América.

Podem ver algumas das pinturas quie este artista de rua britânico fez na cidade norte-americana de Nova Orleães no seu site oficial, assim como vários outros dos seus (muitas vezes polémicos) trabalhos.

via O Público

publicado por brunomiguel às 22:42 | link do post | comentar

do not feed the trolls

Outros blogs meus

pesquisar neste blog

 

subscrever

RSS

Newsletter

posts recentes

arquivos

links